5 vantagens em contratar um montador de móveis

5 vantagens em contratar um montador de móveis

🕐 Tempo de leitura: 5 minutos

A montagem e desmontagem de móveis  são tarefas que, se não realizadas com muita cautela, podem comprometer os móveis e trazer grandes prejuízos. Por isso, a importância de contratar um montador profissional! 

Um montador de móveis é o profissional capacitado para realizar diferentes tipos de montagem e desmontagem, sem comprometer a mobília ou causar alteração no produto quando comparado à sua descrição técnica.

Dentre todos os benefícios de contratar um montador de móveis para realizar esse tipo de atividade, separamos 5 dessas vantagens para você conferir. Vamos lá?

1. Um montador de móveis pode proporcionar maior segurança

Embora pareça simples, dependendo do móvel, o serviço de montagem de móveis muitas vezes é mais complexo do que o esperado, uma vez que não consiste apenas em seguir as instruções fornecidas. 

É importante também estar atento para não cometer nenhum erro durante a montagem que prejudique o móvel ou a pessoa que irá montá-lo.

Com base nisso, o ideal é não se arriscar sozinho em móveis mais complexos e detalhados.

Afinal, esses móveis que exigem mais tempo de montagem, ferramentas específicas ou até mesmo equipamentos de proteção podem fazer com que o resultado não saia como o esperado devido à falta de destreza para executar o serviço.

Um profissional especializado e com preparo garantirá o uso das ferramentas e equipamentos de segurança apropriados, fornecendo, portanto, um resultado ainda mais bacana para o serviço!

Cadeados presos por uma corrente

2. Montagem de móveis livre de problemas!

Escolher realizar a montagem de móveis por conta própria pode resultar em uma série de problemas que podem, de fato, prejudicar o resultado que você tanto espera.

Sob esse mesmo ponto de vista, alguns dos eventuais problemas que podem ocorrer durante a montagem inadequada são:

1 – Desrespeito com o projeto original

A montagem de móveis sem o auxílio de um profissional pode ocasionar no desvio do projeto original, como por exemplo, a inversão de peças e partes do móvel, e problemas de calço, como os pés da mesa montados em ordem diferentes.

Então, fique atento — especialmente se seus móveis forem planejados!

2 – Móveis irregulares

A falta de experiência também pode provocar em um móvel montado com a altura equivocada, como é o caso das prateleiras de estantes, por exemplo.

3 – Perda de funcionalidade do móvel 

A montagem de móveis sem um montador especializado também pode resultar na perda de funcionalidade do móvel, isto é, um armário montado com as portas desniveladas não poderá ser fechado e, com isso, seu uso não se tornará eficiente.

Dessa maneira, é importante compreender quais são os riscos de montar tanto os móveis mais complexos, quanto os que pareçam mais simples sozinho. 

    Montagem de móveis realizada em uma sala de estar

    3. Um montador de móveis proporciona melhor custo benefício

    Nem sempre adquirimos um novo produto com descontos super especiais e, por essa razão, é essencial que pensemos no valor de determinado produto — e aqui não falamos apenas sobre preço — e até onde compensa querer pagar o mínimo possível por ele.

    Afinal, colocando na balança, será que vale a pena comprar a melhor escrivaninha de todas, ou o armário mais bonito e espaçoso de uma loja e se arriscar em uma montagem que pode te trazer futuros prejuízos?

    Caso você não possua experiência, pense com cuidado nos seus próximos passos após uma compra.

    Às vezes, é mais seguro você não economizar tanto durante a montagem, porém não sofrer com os possíveis danos ocasionados pela montagem inadequada. 

    Um montador pode ser a solução ideal para o que você procura, e seu bolso agradece!

    Balança com os dois pesos na mesma proporção

    4. Desmontagem de móveis

    É comum desmontarmos eventualmente algum móvel para fins de doação, troca, ou colocarmos todos os nossos objetos em caixas de papelão na hora de realizar uma mudança, por exemplo.

    Contudo, é necessário ter muito cuidado durante a desmontagem de móveis para que o móvel não seja danificado ao longo do processo, ou do transporte.

    Arranhões, peças perdidas ou partes comprometidas são mais comuns do que aparentam.

    Por isso, além da cautela durante a desmontagem, é necessário cuidado redobrado no momento de guardar as peças e partes do seu móvel.

    Se necessário, embrulhe-as em jornais, ou guarde-as com a proteção de plástico bolha ou isopor. 😉

    Montagem, desmontagem e embalagem de móveis

    5. Um montador de móveis pode otimizar o seu tempo!

    E nem precisa dizer que um montador de móveis acaba sendo bem mais ágil, não é?

    Se o seu problema é relacionado ao tempo gasto para essa atividade, não precisa se preocupar! 

    Um montador profissional pode reduzir o tempo dessa tarefa em comparação ao que você levaria para realizá-la, uma vez que já é capacitado para exercê-la.

    Dessa forma, além de possuir um custo benefício melhor, também economiza o seu tempo, especialmente se o serviço for de alta complexidade!

    Durante o trabalho, profissional está checando as horas em seu relógio, simbolizando a economia de tempo ao contratar um montador de móveis.

    Como escolher o profissional ideal?

    A montagem de móveis é um serviço que deve ser feito com muita atenção, cuidado e destreza, tendo em vista que se trata quase de uma arte, afinal, requer conhecimento e certa técnica.

    Definimos alguns critérios que você pode levar em consideração na hora de contratar um montador de móveis! Dá uma olhada:

    1 – Faça uma análise de portfólio

    Um bom profissional sempre terá recomendações de outros clientes, fotos, um site, um perfil em alguma rede social ou um portfólio para apresentar seus trabalhos anteriores.

    Portanto, é super importante analisar o material que o montador de móveis disponibilizou e verificar se corresponde ao tipo de serviço que você precisa.

    Ele conseguiu resolver os problemas de seus clientes com eficiência? Fornece garantia? É pontual? Tudo isso são questões a serem consideradas!

    2 – O montador de móveis possui boas avaliações e feedbacks?

    Ambos também são critérios SUPER importantes na hora de selecionar o profissional que você precisa. 

    Feedbacks e avaliações geralmente ficam disponíveis na página do Google, nas redes sociais ou no perfil do Helpie do profissional. 

    Com a média de avaliações e os comentários feitos por clientes anteriores, você consegue saber se o montador é um bom profissional ou não. Além disso, te dá uma “luz” sobre quem contratar caso você esteja negociando com mais profissionais.

    Em resumo, as avaliações te previnem de futuros prejuízos financeiros ou danos no produto.

    3 – Faça cotações para a montagem de seus móveis com segurança 

    Tão essencial quanto contratar um ótimo montador de móveis, é contratá-lo através de um lugar seguro, que facilite as suas negociações e te forneça segurança para pagar!

    No Helpie, você pode negociar com até 4 profissionais e você não paga nada por isso! Além de tudo, você consegue realizar o pagamento pela própria plataforma, contando com a segurança do Helpie! Uma maravilha, não é?

    Invista em sua segurança, conforto e qualidade durante a contratação de um montador de móveis. Depois, conta aqui pra gente como foi sua experiência! 🙂

    Dominar as redes sociais é importante para os meus negócios?

    Dominar as redes sociais é importante para os meus negócios?

    🕐 Tempo de leitura: 5 minutos
    As redes sociais têm se popularizado bastante durante a última década, e, com a expansão dos meios de comunicação, tornou-se essencial trazer seus negócios para o universo digital.

    Antes, o objetivo das redes sociais era facilitar a comunicação a longa distância, entretanto, com o passar dos anos, grandes marcas passaram a utilizar esses meios como ferramentas para se promover, fidelizar clientes e alavancar suas vendas. 

    Que tal entender como você pode fazer o seu negócio crescer através dessa ferramenta mágica? 🙂

     

     

    1.

    Benefícios de se aliar às redes sociais

    Hoje em dia, sabemos que não basta apenas vender um bom produto ou serviço para torná-lo popular e, consequentemente, fazer seu negócio crescer. 

    Com certeza você já conheceu aquela pessoa que ganhou um novo cliente apenas por causa do boca a boca, e divulgar seu job nas redes sociais não é tão diferente disso.

    O que grandes marcas buscam é promover suas marcas e torná-las conhecidas; de fabricarem desejo em potenciais consumidores para, em seguida, levá-los ao estágio de compra e, enfim, ao da satisfação

    Portanto, com o tempo, tanto as grandes marcas, como empresas e prestadores de serviços começaram a dar atenção a um veículo muito mais prático para poder conquistar tudo isso rapidinho, sem gastar muito e, definitivamente, sem estresse!

    As redes sociais são umas das poucas ferramentas capazes de criar uma ponte super legal entre a marca e o consumidor, isso porque aumenta a interação entre eles e gera uma aproximação capaz de fidelizar os clientes com facilidade. 

    Entenda a linguagem do seu público e aplique em suas redes sociais

    As pessoas fogem de empresas e profissionais engessados, porque eles dão uma sensação de inacessibilidade. 

    Portanto, é fácil dizer que o público quer consumir marcas mais jovens, aquelas que buscam se atualizar conforme as tendências, dominam uma linguagem mais simples e, acima de tudo, que estejam 100% dispostas a escutá-las! 😉

    Contudo, você já parou para pensar se trabalha dessa forma com seu negócio?

    A Netflix, por exemplo, é uma das maiores plataformas de streaming atualmente e uma das marcas que obtém melhor desempenho nas redes sociais, isso porque ela sempre busca dar atenção aos seus seguidores, respondendo comentários de maneira mais descontraída e utilizando memes como recurso. Com uma amizade dessas, quem vai querer ir embora?! 

    Pessoa trabalhando em marketing digital

    2.

    Com tantas opções, qual é a ideal para o meu negócio?

    De fato, seu negócio pode se adaptar e gerar mais resultados em uma rede social do que em outra. Mas pode ficar tranquilo, porque todas elas se complementam! 

    Você pode abordar alguns temas no Twitter, em que cabe utilizar frases mais curtas e é ideal para criar hashtags e interagir com seus seguidores, mas também pode apostar em vídeos curtos, engraçados e informativos no Tik Tok, já que a maioria dos seus seguidores vão estar presos àquela correria do dia a dia e não têm muito tempo para gastar. 

    Redes sociais não faltam! Por isso, caso seu negócio exija postagens mais longas e detalhadas, o lugar certo é o Facebook! E não esqueça do Instagram, os grandes influenciadores residem lá e você logo vai entender o porquê deve mirar bem nesse alvo para expandir seus negócios! 

    A dica é: quanto mais você puder usar ao seu favor, melhor!

     

    Redes sociais abertas em uma grande cidade.

    3.

    Apostando em influenciadores digitais para expandir meu negócio

    Influenciadores digitais têm ganhado cada vez mais espaço nos últimos anos, especialmente no Instagram. 

    Por conta disso, através dos posts e dos stories nas redes sociais, eles atraem um denso grupo que partilham de interesses em comum e os influenciam. 

    É como o famoso boca a boca, a diferença é que um número muito maior de pessoas é influenciada no processo. E é aí que está seu melhor artifício! 😉

    Muitas marcas, mesmo as maiores, optam por se promover através de influenciadores ao invés das promoções pagas que as próprias redes sociais ofertam. 

    Isso ocorre porque, na grande maioria das vezes, esses criadores de conteúdo geram resultados mais concretos, afinal, é bem mais convincente ouvir uma opinião positiva de alguém que você segue e confia, né?  

    Basta você saber o nicho certo para divulgar seu negócio e mergulhar de cabeça. 

    Porém, fica de olho: nem sempre o que conta são os seguidores do influenciador, mas o engajamento que ele tem e que pode proporcionar. 

     

     

    Amigos conversando e influenciando um ao outro

    4.

    Que tipo de conteúdo devo produzir para as minhas redes sociais?

    Mais importante do que postar nas redes sociais, é saber o que postar. 

    As pessoas que te acompanham não estão interessadas apenas em legendas bonitas e em um feed esteticamente agradável, senão também em conteúdos relevantes, que de fato agreguem valor a elas.

    Aqui vão algumas dicas de posts pra você investir com toda a confiança que com certeza vão fazer as redes sociais dos seus negócios bombarem:

    1 – Posts em formato carrossel (são aqueles que possuem uma sequência de templates e os conteúdos estão distribuídos neles);

    2 – Enquetes (contribuem muito para o engajamento);

    3 – Posts interativos no feed;

    4 – Stories sobre o dia a dia no trabalho, ou que tragam um conhecimento bacana para o seguidor.

    E por falar em engajamento, lembre-se de ser o mais atencioso possível com aqueles que te acompanham. As pessoas não curtem marcas enferrujadas, desatualizadas e pouco atenciosas. 

    Aproveite a linguagem informal e use e abuse dos memes para fazer da sua marca uma grande parceira dos seus clientes! 

    Anotando ideias de conteúdos sobre o próprio negócio para divulgar nas redes sociais

    Como começar a inserir as redes sociais nos meus negócios?

    Atualmente, investir nas mídias sociais para promover seus negócios não é coisa de outro mundo. 

    Existem vários cursos disponíveis na internet ou nas próprias redes sociais que podem te ajudar muito com isso!

    O SEBRAE, por exemplo, proporciona uma série de cursos voltados para a área, que vão te ajudar a se destacar mesmo começando do zero!

    Agora que você já sabe como alcançar o sucesso dos seus negócios de forma autônoma e simples através das redes sociais, que tal começar a investir nessa ferramenta? 

    Manutenção no jardim: entenda a importância

    Manutenção no jardim: entenda a importância

    🕐 Tempo de leitura: 5 minutos

     

    Ter um espaço reservado somente para as suas plantinhas em casa é extremamente importante para a sua saúde mental e física. Por isso, é super importante fazer manutenção regularmente no seu jardim, afinal, além de ele ser o lar das suas plantinhas, assim como o resto de sua casa ele precisa de cuidados para se manter e sobreviver.

    1.

    A importância de ter um jardim em casa

    Com a correria do dia a dia, especialmente para quem vive nas cidades, convive com a movimentação contínua dos carros, circulação de pessoas, lida com a poluição sonora e até mesmo com o estresse e ansiedade, é comum a procura por um cantinho mais tranquilo, que seja capaz de nos fazer relaxar.

    Cultivar plantas e cuidar de um jardim pode ser a melhor opção para quem busca por um espaço calmo em casa.

    Para aqueles que buscam por alguma atividade para passar o tempo ou até mesmo para se exercitar também é uma ótima opção, afinal, cuidar de um jardim exige colocar muita mão na massa!

    Além disso, o jardim é um ótimo lugar para as crianças — que costumam ser mais hiperativas que os adultos —, para os animais de estimação e para celebrar junto com amigos e familiares.

    Você não vai precisar estar sempre preso dentro de casa para passar o tempo!

    Mulher está aproveitando a calmaria da tarde para descansar em uma rede no seu jardim, na parte externa de sua casa.

    2.

    Benefícios para a saúde que a manutenção no jardim pode proporcionar

    Não adianta ter um espaço reservado para as suas flores, cheio de vasos de todos os tipos e tamanhos, e não dar a devida atenção a ele.

    Um jardim ideal é aquele bem verdinho, com os vasos limpos, a grama aparada, as flores e folhas bem saudáveis e regadas; onde os beija-flores possam ir e vir; onde você possa escutar o piar dos pássaros de dentro de casa.

    Por isso, a importância de fazer a manutenção no jardim regularmente.

    Cuidar de um jardim e mantê-lo em ordem traz diversos benefícios à saúde de quem o faz.

    Uma pesquisa feita na  Universidade de Sheffield mostra que o principal motivo para adotar a jardinagem como uma prática do dia a dia é o prazer em ver o que foi cultivado crescendo.

    Além disso, estudos apontam que o cultivo de alimentos para consumo doméstico ou de plantas ornamentais tem efeitos positivos na saúde daqueles que o fazem, independente da idade, proporcionando bem estar

    Jardinagem como terapia complementar

    A jardinagem também é usada como terapia complementar no tratamento de doenças psicológicas como depressão, ansiedade, baixa autoestima — por isso também tem efeito positivo sobre a saúde mental — e câncer. 

    A hortoterapia, por exemplo, busca, por meio do cultivo de plantas, jardins e hortas, auxiliar o indivíduo passiva ou ativamente

    No primeiro, a terapia ocorre através da simples contemplação da natureza, que pode trazer resultados positivos para a saúde mental.

    Já no segundo, a jardinagem ativa pode promover o prazer para idosos ou quem lida com problemas psicológicos e alívio do estresse.

    Cuidar de um jardim é uma atividade que também melhora a condição física do indivíduo, uma vez que aumenta sua agilidade, força e resistência.

    Ao mesmo tempo que proporciona uma melhora nesses três atributos, promove também o relaxamento da mente. 

    Mulher fazendo manutenção no jardim podando sua planta.

    3.

    As plantas ideais para cada tipo de jardim

    Para a decoração dos jardins, não deve ser levado em consideração somente a estética, mas também os tipos de plantas ideais para o ambiente.

    O clima, a iluminação e até as suas preferências na hora de cuidar e realizar a manutenção no seu jardim são características importantes a serem levadas em conta. 

    Você pode optar por lavandas, rosas, melissas, cactos, suculentas e aspargo ornamental em caso de um ambiente bem iluminado, por exemplo.

    Em ambientes mais escuros, samambaias, hortênsias, violetas ou tulipas são ótimas opções.

    Experimente o jardim vertical

    Para quem deseja economizar espaço, o jardim vertical é uma alternativa super viável! Você deve considerar fatores como incidência solar e a estética para conseguir trazer um resultado bacana. 

    Plantas como véu-de-noiva, peperômia, renda-portuguesa, dinheiro-em-penca e babosa-de-pau são exemplos para decorar seu jardim vertical onde há menos incidência solar.

    Para ambientes externos que possuem muita incidência de sol, por outro lado, lambari-roxo, aspargo-pluma, hera-inglesa, jiboia, colar-de-pérolas e orquídea-grapete são as mais ideais 

    Lembre-se de estudar quais plantas precisam de muita ou pouca rega e qual a frequência dela, a fim de obter um jardim mais saudável.

     

    Mulher de vestido carrega uma bolsa com flores em seu jardim.

    4.

    Benefícios de fazer manutenção no jardim frequentemente

    Cuidar do seu jardim e fazer a manutenção necessária com frequência é de extrema importância para a conservação do espaço destinado às suas plantinhas.

    Além disso, a manutenção do jardim é necessária para que você não perca o seu investimento inicial e sofra prejuízos.

    A rega, por exemplo, é um dos principais cuidados que você deve ter para seu jardim sobreviver. A sua frequência e volume variam de acordo com cada planta, e é necessário ter atenção em alguns outros pontos, como por exemplo:

    • Temperatura da água: a água para a rega deve sempre estar em temperatura ambiente.
    • Distribuição da água: cuidado para não encharcar as folhas! O ideal é regar somente a base da planta.
    • Período da rega: plantas que sobrevivem a lugares com maior incidência de sol, menor incidência, ou expostas ao vento mais forte, por exemplo, devem ser tratadas de forma diferente. Um cacto, por exemplo, não pode ser regado com tanta frequência como uma planta tropical.
    • Atente-se ao horário da rega: os primeiros horários da manhã e últimos da tarde são os mais ideais, tendo em vista que o sol não é tão forte nesses horários.

    A poda também deve estar inclusa na manutenção do seu jardim

    Outro ponto importante é podar as plantas regularmente para que a distribuição de nutrientes não seja prejudicada. 

    É necessário retirar os galhos adoecidos a fim de que os demais não sejam prejudicados e a planta consiga crescer vigorosamente e com mais força.

    Em contrapartida, a poda não é necessária apenas para combater os galhos mais prejudicados ou para retardar o seu crescimento.

    Ela também é útil para a prevenção de doenças e a potencialização do uso dos nutrientes que foram retirados do solo, melhorando a vitalidade dos seus frutos.

    A manutenção do jardim, em um contexto geral, torna-se imprescindível a partir do momento em que você planeja este espaço, afinal, é ela quem irá garantir a longevidade das suas plantas e uma boa estética para o seu jardim.

     

    Itens para manutenção de jardim postos sobre uma mesa

    Não sabe como começar? Invista em um profissional para manutenção do seu jardim

    Cuidar de todas suas plantas, árvores e flores requer um tempo totalmente dedicado a essa atividade no seu dia a dia.

    Às vezes, com a correria acabamos não nos preocupando em cuidar tanto quanto devemos e, com isso, as plantas podem sair prejudicadas.

    O ideal é pensar em um profissional capaz de exercer tal função com profissionalismo e perfeccionismo, afinal, a manutenção no jardim requer muito cuidado, a fim de se obter bons resultados em termos de estética e saúde das plantas.

    Na Helpie, você pode abrir um pedido para Jardineiro, negociar com até 4 profissionais e fazer pagamentos de forma segura em poucos cliques.

    Basta instalar o app ou abrir um pedido através do próprio site. Simples, né?

    E não se esqueça de contar aqui pra gente sobre a manutenção no jardim que você costuma fazer! 😉

    Profissional plantando uma muda para manutenção do jardim
    10 dicas para uma decoração natalina mais econômica

    10 dicas para uma decoração natalina mais econômica

    🕐 Tempo de leitura: 5 minutos

    Dezembro chegou e, com ele, as festas de fim de ano também chegaram. O Natal é uma das épocas mais esperadas pelos brasileiros. Não é apenas uma data, senão também um evento em que gostamos de apostar em cores, comidas e muita decoração natalina

    Nesse sentido, planejar, organizar, decorar e comemorar juntinho das pessoas que amamos nos traz uma sensação de paz e união. 

    Contudo, nem sempre decorar o seu lar sai barato. Esse costume foi se perdendo por muitas famílias devido a outras preocupações financeiras, e por vezes, acabou sendo esquecido.

    Pensando nisso, trouxemos hoje 10 dicas de decoração para você se inspirar e imergir sua casa na criatividade e no espírito natalino sem precisar gastar muito! Vamos começar?

     

    Exercite sua criatividade na decoração para o Natal!

    Se você está pensando em gastar pouco na decoração, saiba que não vai ser tão simples quanto entrar em uma loja e escolher os adornos natalinos ideais mas, ainda assim, pode ser tão divertido quanto!

    Em primeiro lugar, reúna ideias e materiais que te inspirem a criar algo novo ou até mesmo semelhante a algo já existente. No Instagram, Pinterest ou Google, você pode encontrar muitas ideias inovadoras, que com certeza irão despertar seu lado criativo. 

    Leve em consideração as ideias e dicas de outras pessoas, sejam familiares, amigos ou crianças que possuem um lado criativo super aflorado! Peça, inclusive, a ajuda delas para montar o que for necessário. Com certeza farão com muito gosto!

    Pense bem no tipo de decoração que você deseja. Você mora em casa ou apartamento? A decoração seria para apenas um ambiente ou em mais cômodos? Anote todos os detalhes para facilitar sua pesquisa.

    Para te ajudar, separamos algumas ideias para você se inspirar! Dá uma olhada:

    1.

    Decoração natalina com barbante

    Não tem nada mais simples do que utilizar aquilo que você já tem em casa para transformar em enfeites de Natal!

    O barbante é uma ótima tática para a decoração, especialmente se você for apostar nos cones em formato de árvore. E não se preocupe em usar apenas o verde ou vermelho. Em outras palavras, você pode criar sua própria paleta de cores e personalizar seus enfeites como desejar!

    Decoração natalina feita a partir de três cones coloridos nas cores azul, verde e amarelo, respectivamente, sobre uma mesa.

    2.

    Decore com origamis de Natal 

    O origami é uma arte oriental que foi difundida, a princípio, pelos monges chineses e desenvolvida, sobretudo, pelos japoneses. 

    É uma prática que consiste em dobrar o papel e dar origem a diferentes formas e desenhos. 

    Apesar de exigir um pouco mais de paciência e atenção, é uma maneira muito divertida e relaxante de criar enfeites e decorar o ambiente. Você vai curtir bastante o resultado! 

    Origamis verdes sobre um papel quadriculado em uma mesa, junto à cola quente e outros materiais de papelaria para a decoração natalina.

    3.

    Decoração natalina para a mesa

    A decoração na mesa não pode faltar!  

    Investir nas plantinhas natalinas é uma ótima ideia para quem pensa em gastar pouco e entrar no espírito de Natal.

    Sejam azevinhos, pinheiros, industriais ou não, são uma escolha bem certeira. Além disso, você pode enfeitá-los com os próprios origamis ou enfeites da sua árvore!

     

    Cinco pinheiros natalinos enfeitados sobre uma mesa para decorar o Natal.

    4.

    Complemente sua decoração com velas!

    As velas sobre a mesa da ceia natalina são uma ótima opção para enfeitá-la, uma vez que deixam o ambiente mais elegante, sofisticado e com carinha de aconchego.

     

    Velas acesas com decoração de Natal

    5.

    Crie enfeites e decore desde a porta de casa!

    Guirlandas, flores, pinhas, galhos, quadros e itens de papelaria são super válidos na hora de montar a sua decoração natalina, afinal, é sempre uma boa enfeitar de fora para dentro e recepcionar as pessoas no calor do Natal. 😉

     

    Guirlanda pendurada na porta para decorar.

    6.

    Decoração de Natal com papel crepom

    Os adornos feitos com papel crepom são, além de baratos, super práticos de fazer! Com um barbante ou fio de nylon, você consegue dar sustentação e pendurá-los pela casa. 

    Além disso, o papel crepom é ótimo para forrar sob a árvore de Natal e colocar sob os presentes embrulhados.

     

    Decoração natalina feita de papel crepom colorida pendurada.

    7.

    Customize materiais e objetos para usar na decoração natalina

    Quem nunca ficou de boca aberta ao encontrar uma customização bem feita por aí? 

    Criar a partir de objetos ou materiais antigos, por exemplo, é uma ótima ideia para enfeitar a sua casa. Meias para pendurar utilizando tecido, cetim ou TNT, pintar ou desenhar em garrafas pet, decorar caixas de papelão antigas… Tudo isso são formas de exercitar sua criatividade e colocar a mão na massa!

     

    Decoração natalina com meias de natal penduradas na lareira

    8.

    Decore com muitas luzes de Natal

    O Natal é uma época marcada por muita luz e cor. Por isso, invista em lâmpadas coloridas, pisca-piscas e muita iluminação!

     

    Casa decorada para o Natal com luzes natalinas vista de noite.

    9.

    Decoração natalina com bexigas

    Utilizar bexigas na decoração é uma tradição de toda festa, e elas também podem ser usadas para o Natal. 

    Geralmente, as cores mais utilizadas para esse tipo de decoração são o verde, vermelho e dourado. Mas você não precisa se preocupar com padrões e pode seguir sua própria paleta de cores!

     

    Decoração natalina com bexigas coloridas sob uma árvore de natal.

    10.

    Enfeite com fotografias

    Para finalizar, você pode espalhar algumas fotos suas com a família e amigos pela casa, afinal, é uma época na qual costumamos confraternizar com as pessoas que gostamos.

    Uma ótima dica é pendurar as fotos pela árvore de Natal junto com os demais enfeites. Além de trazer um resultado bem bonito, também é super criativo!

     

    Decoração natalina com polaroids

    Hora de colocar a mão na massa e dar vida à sua decoração natalina!

    Viu como é possível dar um up na decoração natalina sem precisar gastar muito?

    Depois que você construir seu repertório com as melhores inspirações, você pode, por fim, buscar no YouTube maneiras de colocá-las em prática e deixar tudo brilhando. 

    Aproveite que as datas comemorativas estão chegando e comece o quanto antes! Seguindo essas dicas, você realmente vai se surpreender e curtir o resultado! 

    E lembre-se: precisando de qualquer ajuda, você pode contar com a Helpie para resolver seus problemas. Boas festas! 😉

    5 motivos para limpar os estofados com frequência

    5 motivos para limpar os estofados com frequência

    🕐 Tempo de leitura: 3 minutos
    A limpeza dos estofados é algo a ser pensado com frequência por aqueles que prezam por ambientes limpos e buscam conservar seus móveis a fim de que possuam uma vida útil mais longa.

    É comum corrermos para limpar a região que foi sujada para não causar danos ainda maiores, mas esse não é o único momento em que devemos nos preocupar com a limpeza.

    A limpeza dos estofados deve ser realizada ao menos uma vez ao ano. Em casos de animais de estimação ou de crianças, esse período diminui para seis meses, uma vez que eles podem encardir rapidamente. 

    Manter esses móveis bem higienizados e com frequência proporciona inúmeras vantagens. Pensando nisso, separamos 5 delas para você conhecer. Vamos lá?

     

    1. Limpar seus estofados reduz as chances de desenvolver alergias

    Segundo a OMS e o Ministério da Saúde, problemas respiratórios podem se agravar ao estar em contato com ambientes pouco higienizados, especialmente dentro de casa, ou em lugares onde o indivíduo costuma frequentar durante um longo período de horas.

    Durante a noite, sobretudo, é o momento em que ficamos mais vulneráveis, tendo em vista que não nos atentamos ao ar que respiramos.

    Nesse contexto, crianças e idosos são os mais afetados, uma vez que são mais propensos a problemas respiratórios.

    Por isso, além de manter o cuidado com as roupas de cama e o colchão, é importante ser cauteloso com as cortinas, tapetes, poltrona ou pufes da casa. A limpeza é imprescindível para não desenvolver nenhum tipo de alergia.

    2. Aumentar a vida útil do seu estofado

    Não precisa de muito tempo para você notar que seu sofá já não possui mais a mesma aparência de quando você o comprou. 

    O acúmulo de sujeira e outras substâncias causadas pela falta de limpeza podem deteriorar aos poucos o tecido e até mesmo o móvel.

    É importante preservá-lo, a fim de que ele mantenha a mesma qualidade por anos e sua vida útil seja prolongada. Assim, você não precisará contar com imprevistos, como uma limpeza cara devido ao estado do seu estofado, ou a compra de um novo.

    3. Remoção de ácaros, fungos e bactérias

    A falta de limpeza recorrente também promove a proliferação de ácaros e bactérias, que podem comprometer não apenas o estofado, como também a saúde daqueles que o utilizam. 

    Os ácaros podem se esconder perfeitamente bem a olho nu, mas sua presença ainda é prejudicial. Eles costumam se esconder no verso de poltronas, onde a limpeza não é tão frequente. Por esse motivo, é super importante se precaver.

    4. A limpeza de estofados é sinônimo de economia!

    Não é difícil imaginar que a limpeza sai bem mais em conta do que comprar um sofá novo, não é?

    Afinal, não dá para investir em um novo a cada ano. 

    A limpeza é essencial para preservar o bom estado do seu estofado e fazer com que ele dure cada vez mais, sem perder a qualidade e a boa aparência. 

    Basta conversar com um especialista e montar um calendário a fim de que você possa fazer essa higienização periodicamente. 

    Pode ter certeza que você vai curtir o resultado! Afinal, imagina o quão satisfatório é ver que, mesmo depois de anos, seus estofados continuam do mesmo jeitinho de quando você os comprou!

    5. Proteger nossos filhos e pets

    Tanto as crianças, como nossos amados bichinhos de estimação, possuem o sistema imunológico mais frágil. Por conta disso, eles estão mais suscetíveis a doenças respiratórias e dermatológicas causadas por má higienização do estofado. 

    Pensando nisso, é muito importante manter a higienização redobrada quando se trata de nossos filhos ou pets, afinal, o contato deles com o ambiente é muito maior.

    Solicite um profissional capacitado para a limpeza dos seus estofados!

    Agora que você já entendeu a importância da limpeza de estofados e todos os benefícios que ela traz para o seu dia a dia, chegou a hora de colocar a mão na massa!

    Na Helpie, você consegue abrir uma solicitação e negociar com até 4 profissionais para realizar esse tipo de serviço. E o melhor: você pode contar com a segurança da plataforma para realizar pagamentos!

    Já entendeu que com a Helpie é sem estresse, não é?! 😉

    5 canais de decoração no Youtube para você se inspirar

    5 canais de decoração no Youtube para você se inspirar

    🕐 Tempo de leitura: 3 minutos

    Por aqui, já mencionamos alguns blogs de decoração para você se inspirar. Agora, que tal conferir alguns canais do Youtube que, além de inspirações, também tem tutoriais que você pode fazer em casa mesmo?

    O avanço das tecnologias facilitou a busca por dicas de decoração. Atualmente, devido ao acesso à internet, é possível conseguir excelentes inspirações arquitetônicas sem sair de casa. Existem diversos arquitetos, decoradores, paisagistas e construtores que disponibilizam conteúdos gratuitos, com dicas, tutoriais e ideias nas redes sociais. O YouTube é, provavelmente, um dos meios mais interessantes para isso, visto que os vídeos podem ser acessados gratuitamente e de forma prática. 

    Pensando nisso, reunimos alguns canais para te ajudar a repaginar o lar e decorar tudo de acordo com a sua preferência. Confira!

    1. Tu Organizas

    Esse canal, criado por Nina Braz, apresenta dicas de decoração, restauração de móveis, jardinagem, instalação de mobílias e orientações relacionadas à reforma. Às vezes a gente quer comprar todos os utensílios fofinhos que deixam a casa estilosa. Mas o que seria uma bela decoração sem um toque de organização? Reduzir ao apenas necessário é a dica de hoje. No “Tu Organizas”, a Nina conseguiu abraçar os dois temas. Ela ensina do it yourself lindos que podem decorar sua casa e organizar ao mesmo tempo.

    2. Organize sem frescuras

    Manter a casa em ordem nem sempre é uma tarefa simples. Porém, com boas dicas de organização e limpeza, é possível obter um resultado bastante satisfatório. Isso é o que prova a personal organizer Rafaela Oliveira no canal Organize sem Frescuras. Em seus vídeos, ela costuma compartilhar seu dia a dia doméstico e suas experiências relacionadas à organização de ambientes, decoração e limpeza prática. Além disso, também explora o “faça você mesmo”.

    3. DiyCore por Karla Amadori

    Se você está em busca de dicas práticas de como transformar o lar, uma boa pedida é o Diycore por Karla Amadori. Para quem é criativo e gosta de coisas divertidas, o Diycore é pura inspiração. O conteúdo produzido por Amadori conta com dicas para quem não quer gastar muito para dar uma cara nova ao lar. As ideias são válidas tanto para quem mora em imóveis maiores, quanto para os que vivem em metragens reduzidas. A designer de interiores é referência em dicas de decoração com muitas cores e leveza. Tudo isso para deixar sua casa ainda mais linda!!

    4. Doma Arquitetura

    Quando se fala em reforma e redecoração completa, um dos canais mais conhecidos pelos apaixonados por arquitetura e decoração é o Doma Arquitetura. Comandado pela arquiteta e artista plástica Patrícia Pomerantzeff, o Doma mostra obras assinadas por ela, além de  compartilhar dicas e ideias de decoração, arquitetura e reformas. O conteúdo conta ainda com alguns vídeos de viagens que incluem comentários sobre a arquitetura destes locais.

    5. Casa Vogue Brasil

    A revista, que nomeia o canal, é uma das maiores referências quando o assunto é decoração. A Casa Vogue Brasil reúne dicas variadas, como decorações temáticas, decoração que você pode fazer em casa, análises de produtos e tours pelo interior das casas dos famosos. O canal também conta com playlists diversas com assuntos de arquitetura, design, arte e até utilidades domésticas — referências não faltam!